O ENEM mudou, de novo! E é claro que nós reunimos as principais informações da edição de 2018 e as mudanças para você. Dá uma olhadinha:

Primeiro de tudo, vamos às informações básicas:

  • As inscrições vão das 10h do dia 7 de maio até às 23h59min de 18 do mesmo mês;
  • A taxa de inscrição é 82 reais (a mesma do ano passado) e o pagamento deve ser feito entre 7 a 23 de maio;
  • As provas vão acontecer nos dias 4 e 11 de novembro, dois domingos consecutivos;
  • Nos dois dias a abertura dos portões é às 12h e o fechamento às 13h;
  • As provas começam exatamente às 13h30min;
  • No 1º dia, as provas acabam às 19h;
  • No 2º dia, até às 18h30min

Agora, as mudanças:

1 – Mais tempo para fazer a segunda prova

Os estudantes vão ter 30 minutos a mais para fazer a prova do segundo domingo (dia 11 de novembro). Assim, a prova de Ciências da Natureza e Matemática vai começar as 13h30min e terminar as 18h30min – ao todo 5 horas.

2 – Remarcação da prova

Quem tiver problemas logísticos (por exemplo, faltar luz no local do exame), vai ter até cinco dias úteis após o último dia de prova, ou seja, dia 16 de novembro, para solicitar a reaplicação do exame.

3 – Isenções

A solicitação de isenção da taxa de inscrição, a partir desse ano, vai ser feita com maior antecedência, entre 2 e 11 de abril, na Página do Participante. Nesse mesmo período e no mesmo site, quem tinha direito à isenção e faltou aos dois dias de prova em 2017, deve justificar a ausência se quiser fazer o Enem 2018 sem pagar a inscrição.

Tem direito a isenção o estudante que:

  • estiver cursando o terceiro ano do ensino médio na rede pública;

  • tenha participado do Encceja 2017, na modalidade do ensino médio, na aplicação Nacional, e tenha obtido proficiência que possibilite a certificação na área de conhecimento em que se inscreveu;

  • cursou todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista na rede privada e, nesse caso, tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio;

  • em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda;

  • inscrito no CadÚnico.

Ficou com algum dúvida ainda? Fala com a gente!

4 – Direitos Humanos

Se lembra da polêmica sobre a redação do ENEM no ano passado? Da regra que se o conteúdo da redação violasse os direitos humanos ela seria anulada? Então, esse item foi retirado do edital – então, nesse ano, a violação dos direitos humanos não implica necessariamente em mudanças na avaliação.

Fica ligado nas datas para não perder nenhuma informação sobre o ENEM! Qualquer dúvida, é só nos chamar. Você também pode conferir o Edital Completo aqui: http://bit.ly/2GauRXY