Parar, pensar na sua rotina, nos seus objetivos e se organizar. Esse é um dos primeiros e mais importantes passos na sua caminhada. E, para te ajudar nisso, separamos 5 tópicos essenciais para você preparar o seu cronograma de estudos para o ENEM.

1 – Coloque sua rotina numa tabela

Primeiro de tudo, é importante conseguir ter visibilidade de todas as tarefas que ocupam espaço na sua semana, identificando quando e quanto tempo cada uma delas demanda. Ser detalhista nessa fase é bom, leve tudo em consideração. Uma dica ótima e gratuita é o Google Planilhas – lá você pode criar a sua própria agenda, com seus horários e atividades.

2 – Decida quando e o que estudar

O próximo passo é ver os horários vagos. Adivinhe pelo que eles vão ser preenchidos? Siiiimmm, horas de estudo para cada matéria. O desafio é saber o que é mais relevante para o seu objetivo e, a partir disso, organizar seu cronograma.

Aqui temos uma ótima dica: o nosso Plano de Estudos Personalizado – nele os conteúdos que você deve saber para o ENEM e Vestibulares são distribuídos por módulos, conforme seu tempo disponível! Cada módulo tem, em média, uma hora e meia de duração, então é só encaixá-los no seu tempo.

3 – Planeje imprevistos

Precaução, cautela, prudência, cuidado, resguardo e todos os sinônimos que você conseguir pensar para prevenção quando o assunto são imprevistos. Mas se imprevistos nunca são previstos, qual a solução?

A nossa dica é reservar duas horas do seu cronograma semanal: 1 hora para atualizar ele com as mudanças necessárias e outra hora para compensar o que pode ter sido perdido durante a semana.

4 – Sim, também programe seus descansos

Se esforce, mas não se sobrecarregue. Descansar é bom e faz parte, grande parte. Coloque no seu cronograma momentos de descanso todos os dias e, nos finais de semana, esses momentos devem ser maiores.

5 – Pense no seu método de estudo

Destaque o que você vai fazer durante as horas de estudo destinada a cada matéria. Coloque na balança o que é mais fácil e difícil para você, o que exige mais exercícios ou leitura e, assim, é simples fazer o último passo do seu cronograma de estudos.