Se você perguntar quais são os maiores medos dos estudantes durante uma prova importante, provavelmente uma das primeiras respostas será: “dar um branco”! Os famosos apagões, movidos a nervosismo e pavor, são mais comuns do que imaginamos.

 

E, na hora H, todo mundo que passou pela mesma experiência tem aquela receitinha para ajudar a focar na prova. –

 

Inclusive os professores do Me Salva! Por isso, pedimos a alguns deles para darem dicas de como deixar esse momento menos tenso e se concentrar no que importa: a prova. Confere aí o que eles falaram!

1. Vá ao banheiro

Hãn? Você deve estar se perguntando como ir ao banheiro vai ajudar a focar. A resposta é simples: depois de muito tempo olhando só para a folha da prova, levantar, caminhar um pouco e desviar a atenção para outra atividade pode ajudar a renovar suas energias.

 

Em caso de branco, não se desespere! Vá ao banheiro e esqueça a questão por alguns minutos. Quando voltar, leia o enunciado novamente. –

 

Mas lembre-se: não dá para ficar indo ao banheiro de cinco em cinco minutos ou você vai perder totalmente o foco.

2. Beba água e faça um lanche

A lógica é a mesma de ir ao banheiro. Você dá uma desligada por alguns minutos para voltar com todo o gás! Além disso, como explicamos no post sobre dicas de alimentação, fazer aquele lanchinho durante a prova ajuda a manter a glicemia estável. Assim, seu rendimento não vai cair.

Cada um tem a sua preferência do que levar para comer. O lanche preferido do Álisson Hatsek, de 24 anos, era um bombom. O gaúcho é professor de Matemática aqui do Me Salva! 😉

 

O pessoal diz que não é muito bom levar chocolate, por causa do açúcar. Mas dava muito certo comigo.”

 

3O Álisson pediu ao pai que fosse com ele fazer o vestibular. Todo apoio é bem-vindo, não é? Arquivo pessoal.

Já a água é para se manter hidratado, especialmente em dias muito quentes.

3. Deixe as questões que você não sabe para o final

 

As chances do desespero bater aumentam muito quando você percebe que está perdendo tempo demais em uma questão. –

 

Por isso, deixe o que você não sabe ou teve um branco para o final. Assim, ao menos você garante foco total para aquelas em que tem menos dificuldade.

4. Mantenha a postura na cadeira

Parece coisa de mãe, falando “filha(o), fica retinha(o)”. Mas não é encheção de saco!

 

Depois de muito tempo com o rosto grudado no caderno de provas, você pode começar a se desconcentrar e ler tudo errado. –

 

Dê uma distância saudável da folha. Arrume sua postura e volte para a prova. “Principalmente no Enem, onde tem muito textão, muita interpretação, a gente não percebe, mas quando vê está com os olhos grudados na folha”, conta o Álisson.

5. Dê uma esticada

Vale se espreguiçar, dar uma espichada nas pernas, alongar o pescoço e as costas.

 

Pequenos alongamentos durante a prova ajudam a aliviar o desconforto que faz muitos estudantes perderem a concentração. –

 

Essa era a tática da matogrossense Bruna Nedel, de 24 anos, nossa professora de Engenharia. “Depois de terminar uma matéria, eu respirava fundo, dava uma espreguiçada e direcionava a cabeça para o teto da sala para fazer o sangue circular melhor”, conta.

1A Bruna fez o Enem três vezes e garante: não é fácil dar conta daquela pilha de questões! Arquivo pessoal.

6. Respire fundo

Às vezes, a concentração e o nervosismo são tão grandes que o aluno se esquece até de respirar (não literalmente, é claro :P).

 

Faça aquela paradinha básica para respirar bem fundo, deixando o ar encher os seus pulmões. –

 

Aqui nesse post você encontra uma técnica de respiração para diminuir a ansiedade!

7. Seja racional

Parece zueira, já que nem sempre dá para fingir que não temos emoções durante provas importantes. Mas essa é uma dica bem prática dada pela Lauryn da Silva Barreto, de 26 anos, professora de Química do Me Salva!

Quando prestou vestibular para Biomedicina da UFRGS, a porto-alegrense lembra de ter usado os momentos antes da prova começar para dizer algumas coisas a si mesma. “Eu pensava: eu sei o conteúdo, eu estudei o ano inteiro, eu fiz exercícios. Isso ajudava na concentração.”

2A Lauryn ficou tão nervosa que chegou a tremer durante a prova. Arquivo pessoal.

8. Recapitule sua trajetória até ali

Parecida com a dica 7, relembrar o que você fez até chegar na prova pode ser uma forma de adquirir confiança em si mesmo.

 

Pense nas tardes que você passou estudando, nos seus cadernos cheios de resumos, nos exercícios resolvidos. –

 

9. Não olhe para os outros, faça o seu!

Sempre tem aquela pessoa que acaba a prova muito antes, o que faz parecer que tudo está muito fácil, você que não entendeu. A melhor estratégia para essas horas é imaginar que está fazendo a prova sozinho, se concentrando apenas em você.

 

Evite olhar para os lados para contar quantas pessoas ainda estão na sala. Seu maior concorrente é o tempo (principalmente no Enem)! –

 

A Bruna lembra que o pavor em ver que era a última da sala fazendo a prova a fez chutar quase todas as questões finais sem sequer parar para ler. A dica da professora é: “Mesmo restando pouco tempo, pare e leia a questão”.

10. Alivie a pressão sobre você

Ir mal na prova é um saco – a gente sabe – mas tente se lembrar que é só uma prova. Que acontece todos os anos, aliás! Está tudo bem se você não conseguiu responder TODAS as questões.

 

Esse pensamento ajuda a aliviar a pressão (que pode vir de familiares, professores e até de você mesmo). –

 

Isso ajudou muito a Aline Käfer, de 24 anos, nossa professora de Engenharia. “Fiz o vestibular como se fosse qualquer outra prova.”

alineokAline nasceu e mora em Estrela, no interior do Rio Grande do Sul. Arquivo pessoal.

Curtiu as dicas dos nossos professores? Então se liga, uma delas pode dar certo para você! Até o próximo post e boa prova! 😀