Você é um(a) estudante que tem vontade de seguir carreira no esporte ou é um(a) esportista que está pensando em estudar? Bora conhecer a história de quem decidiu aliar as duas coisas?!

Natural de São Paulo, Rafael Di Maio está no sétimo semestre do curso de Comunicação e Concentração em Business, da Hanover College, no estado de Indiana (EUA).

Além disso, é o goleiro do time de futebol da Universidade. Aos 22 anos, o brasileiro só tem o que comemorar da experiência de ter trocado a capital paulista por Hanover, graças à uma bolsa de estudos através do esporte.

6Rafael estuda Comunicação e joga como goleiro em Hanover. Arquivo pessoal.

“Hanover College tem um programa de Comunicação muito forte e oferece grandes oportunidades para seus alunos, o que me deu a certeza de que eu estava tomando a escolha certa”, diz.

Meta de vida

Rafael nunca cogitou fazer uma universidade no Brasil. A oportunidade de ir para os Estados Unidos surgiu quando ele estava cursando o segundo ano do colégio. O estudante acabou estabelecendo como meta a vontade de estudar fora e não prestou nenhum vestibular aqui.

 

Quando paro pra pensar que eu não tinha nenhum plano B, fico até assustado, mas creio que a minha vontade de vir pra cá [EUA] era tão grande que ficar no Brasil não era nem uma hipótese viável.”

 

5Rafael trocou São Paulo por Hanover, nos Estados Unidos. Arquivo pessoal.

Motivado pela ampla abrangência da Comunicação no mercado e pela vontade de trabalhar na mídia ou com gerência esportiva, Rafael também sonhava com uma chance no futebol. Até que descobriu a possibilidade de estudar no exterior com bolsas através do esporte.

 

Como milhares de garotos no Brasil, estava buscando uma oportunidade de jogar futebol profissional, mas tinha o fato de ter que optar entre estudos ou esporte… Poder conciliar a vida acadêmica com a carreira esportiva foi algo que me chamou muito a atenção.”

 

A oferta da bolsa veio no início de 2013, quando Rafael teve uma reunião com a equipe da 2SV Sports, uma empresa que faz a ponte entre os estudantes e as universidades, dando suporte durante o processo de preparação.

Preparação

Como toda mudança exige muito planejamento, o estudante precisou de três anos de preparação, estudando inglês todos os dias e treinando futebol de 3 a 4 vezes por semana, junto com os estudos do colégio. 😮

“Foi um período muito intenso, no qual tive grande apoio de toda a minha família e que no final valeu muito a pena”, diz.

Ele também conta que não tinha referências sobre a cidade de Hanover, mas que a infraestrutura e o campus da faculdade agradaram bastante durante as pesquisas que fez.

2Quando pesquisou o site de Hanover College, Rafael teve certeza de que seria o lugar ideal. Arquivo pessoal.

3Dentre as ofertas que teve, Rafael escolheu Hanover College também pelo reconhecimento acadêmico. Arquivo pessoal.

Ele recebeu propostas de outras universidades, mas, em uma conversa com um dos donos da 2SV Sports, ficou sabendo que o técnico do time de futebol de Hanover queria muito ter brasileiros na equipe. “Troquei emails com o técnico e, depois de algumas semanas, já estava com os documentos todos assinados”, relembra.

De acordo com Rafael, estrutura não falta, mas sim mão de obra para que o esporte se desenvolva no país:

 

A demanda do ‘soccer’ aqui está cada vez maior, e os Estados Unidos sofrem muito com a falta de profissionais qualificados na área”, afirma.

 

Nada de palavrão!

Viajar e conhecer outras culturas já rendem boas histórias; se mudar então, rendem muitas! Para o Rafael, tem uma clássica: quando estava lesionado e não podia jogar, o técnico lhe pediu que filmasse o jogo.

“Durante o jogo, brasileiro né, comecei a xingar o juíz e os jogadores do outro time de tudo o que você possa imaginar, e percebi que a torcida tava me olhando de uma forma muito estranha. No final, o meu técnico me deu uma bronca e disse que nos Estados Unidos eles não eram desrespeitosos durante um jogo de futebol!”, conta.

A história rende zoação dos colegas e do técnico até hoje! 😜

Além das defesas

O goleiro também conta que passou por muitos perrengues. Idioma, ficar longe da família e dos amigos, ficar de reserva nos primeiros anos, o frio… São coisas que, por mais que você se prepare, é difícil enfrentar.

1No início, Rafa teve dificuldades de aceitar o banco de reservas. Arquivo pessoal.

Apesar das dificuldades, Rafael nunca se arrependeu pois, segundo ele, a experiência trouxe, mais do que um diploma, muito aprendizado e amadurecimento.

 

Hoje em dia, depois de muitas noites mal dormidas, olho pra trás e vejo o quão importante isso foi pro meu amadurecimento. Apesar da distância, sempre tive o apoio total da minha família.”

 

7Rafa teve que se acostumar com muita coisa, inclusive com o frio! Arquivo pessoal.

A intenção de Rafael é ficar nos Estados Unidos para trabalhar com o futebol, pois ele acredita que as chances de crescimento pessoal e profissional são maiores.

Mesmo que não tenha nada de concreto ainda para depois da faculdade, ele afirma já estar vivendo as consequências “da maior e melhor escolha que fez na vida”:

 

Tive a chance de conhecer muitos lugares e pessoas que marcaram a minha vida. Fiz um semestre da faculdade na Austrália e irei passar o próximo mês de maio no México, para aprofundar o espanhol. Tudo isso com o incentivo e apoio de Hanover College, que tem parcerias com universidades ao redor do mundo”, diz.

 

4Depois de muita dedicação, Rafael é o goleiro e capitão do time. 😉 Arquivo pessoal.

Dicas, pra que te quero!

Acompanhe o que o Rafael recomenda para aproveitar a oportunidade:

  • Estabelecer metas possíveis é o caminho para o sucesso;
  • Ignore o que as pessoas que não te conhecem falam, independente de serem coisas boas ou ruins;
  • Se preparar é essencial para que as suas expectativas não acabem sendo o motivo do seu fracasso;
  • Saiba que muitas vezes você irá se sentir sozinho(a), mas que todas as dificuldades te tornarão uma pessoa melhor e mais forte;
  • E, claro, aproveite!

Inspirado(a) pela conquista do Rafael? Nem tudo é uma maravilha no começo, mas com dedicação você também pode viver uma grande experiência! Se informe e até a próxima! 👊