Você curte política? Não estamos falando só de partidos e eleições, mas dessa ciência que envolve as relações sociais desde os primórdios da humanidade. O significado de política vem lá da Grécia antiga: é derivado das pólis – as cidades-estado (já ouviu falar?) – e remete à convivência em comunidade.

 

A política não é apenas para políticos. Ela está em nossos relacionamentos e atitudes! –

 

Nesse post da série Pra Ler, Ver e Ouvir da Conexão Cultural, vamos dar sugestões pra você se politizar e entender aspectos complexos da vida em sociedade, que podem ajudar muito na hora de escrever uma boa redação. Se liga aí!

Pra Ler > Medo – Carlos Drummond de Andrade

1Famosa estátua do poeta na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Foto: Pedro Texeira/Agência O Globo.

Certamente você já deu de cara com esse nome durante os estudos. Carlos Drummond de Andrade é considerado por muitos como o mais influente poeta brasileiro do século 20. O também contista e cronista mineiro foi um dos precursores da poesia política, inspirando-se nos acontecimentos do mundo para escrever seus poemas.

 

A poesia enriquece a visão de mundo e o vocabulário! –

 

Drummond foi um dos principais poetas da segunda geração do Modernismo brasileiro. Com tom existencialista, seu poema “Medo” propõe uma reflexão sobre o sistema de organização da sociedade e todos os medos que fomos “ensinados” a sentir. Bem interessante, né?

Pra Ver > Noam Chomsky & Michel Foucault: Debate sobre a natureza humana

Encontro histórico entre Foucault (esquerda) e Chomsky (direita) aconteceu na Holanda, em 1971. YouTube.

Do alto de seus 87 anos, o norte-americano Noam Chomsky acumula as funções de linguista, historiador, filósofo e ativista político. Professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) – a melhor universidade do mundo – Chomsky é conhecido como um crítico voraz da política externa dos Estados Unidos e da propaganda controladora dos meios de comunicação de massa.

O filósofo francês Michel Foucault foi um teórico social, historiador e crítico literário. Em seu trabalho, pesquisou o funcionamento do poder e como ele é usado como uma forma de controle social. Uma de suas obras mais importantes é “Vigiar e punir: o nascimento da prisão”.

 

Debate fascinante entre dois grandes pensadores do século passado! –

 

No encontro, marcado pela filosofia e política, os pensadores confrontam seus pontos de vista em relação ao conceito de natureza humana e sociedade. Enquanto Foucault defende a cultura como uma criação coletiva, Chomsky foca no indivíduo. Além de contribuir para a base de argumentação de uma boa redação, a conversa mostra que é possível discordar de maneira respeitosa. 😉

 

Ótima pedida para fugir do senso comum, preocupação recorrente de muitos estudantes. 

 

Pra Ouvir > Bertolt Brecht: O analfabeto político

brechtObra do dramaturgo alemão é tema obrigatório em qualquer curso de Teatro. Foto: www.revistaforum.com.br.

Referência na história do Teatro, Bertolt Brecht foi um dramaturgo, poeta e encenador alemão do século 20. Seus trabalhos artísticos e teóricos influenciaram profundamente o teatro contemporâneo, tornando-o mundialmente conhecido a partir das apresentações de sua companhia, a Berliner Ensemble, realizadas em Paris durante os anos 1954 e 1955.

 

As palavras de Brecht ecoam nas paredes das instituições sociais e políticas. –

 

Brecht teve sua obra extremamente ligada à política. Na década de 30, se exilou da Alemanha com o avanço do nazismo e, após retornar, no final da Segunda Guerra, se tornou um crítico do autoritarismo policial no bloco oriental do país. “O analfabeto político” fará você pensar sobre como a ignorância política contribui para a corrupção e para um sistema falho.

E aí, se inspirou? Se politizar é fundamental pra construir senso crítico, fator indispensável pra mandar bem na escrita. Confere os posts que já rolaram do Pra Ler, Ver e Ouvir lá na Conexão Cultural! 👊