Você sabia que, graças à economia da borracha durante o período da Belle Époque, Belém do Pará é hoje a segunda cidade mais populosa da Região Norte, com 1,5 milhões de habitantes? Além disso, está com uma idade de dar inveja: em 2016 comemorou 400 anos da sua fundação.

O Conexão Cultural vai te mostrar algumas opções de lazer nessa importante cidade que surgiu por sua posição estratégica na margem da baía do Guajará. Pensando em arejar a cabeça sem deixar de aprender, vamos te apresentar opções de passeios históricos e voltados para a natureza exuberante do local!

 

–  Belém é a capital mais chuvosa do Brasil. –

 

Como as chuvas são muito frequentes, nós também sugerimos planejar um passeio em local fechado para deixar guardado na manga. 😉

BELEM1Panorama da cidade de Belém a partir da Praça da República. Foto: Wikipedia.

Theatro da Paz: inspirado no luxo italiano

O Theatro da Paz foi fundado em 1878 durante o importante período do Ciclo da Borracha, no qual ocorreu um grande crescimento econômico na região amazônica. Belém, então, era considerada “A Capital da Borracha”. A cidade ainda não possuía um teatro capaz de receber espetáculos líricos e, por isso, o governo da província desenvolveu um projeto inspirado no Teatro Scalla de Milão (Itália).

BELEM2Salão de espetáculos do Theatro da Paz. Foto: Veja.

A grandiosa construção, com mais de 1.100 lugares, foi a primeira casa de espetáculos construída na Amazônia. Luxuosa, a própria arquitetura é um espetáculo em si e vale a visita: possui lustres de cristal, piso em mosaico de madeiras nobres, afrescos nas paredes e no teto, dezenas de obras de arte e decoração revestida com folhas de ouro.

 

– Atualmente, é o maior teatro da Região Norte do Brasil. 

 

O Salão Nobre é um dos belos pontos de visita do teatro. A nobreza costumava se reunir no local em bailes, recitais, e nos intervalos dos espetáculos. A pintura do teto foi feita em 1960, por Armando Baloni, inspirado nas musas da música e pela fauna e flora amazônica.

BELEM3Imagem do Salão Nobre do Theatro da Paz. Foto: Anderson Coimbra.

O site do Theatro da Paz disponibiliza a programação de espetáculos, que podem ser tanto gratuitos quanto pagos. Em agosto e setembro ocorre o Festival de Ópera 2016. Anote na agenda. 😉

A força e beleza da floresta

O Parque Zoobotânico e Museu Paraense Emílio Goeldi são uma boa pedida para quem gosta de passear ao ar livre e ainda não conhece a majestosa natureza do Norte brasileiro. O Parque Zoobotânico fica no centro urbano de Belém, com uma área de 5,4 hectares.

Fundado em 1895, abriga uma grande mostra da fauna e flora amazônicas, concentrando as atividades educativas do Museu Goeldi: como um laboratório para aulas práticas, o local recebe anualmente cerca de 200 mil visitantes. Reúne também um conjunto de monumentos e prédios do século XIX e início do século XX.

BELEM4Vitórias-Régias do Parque Zoobotânico. Foto: Mineiros na Estrada.

O Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) é situado dentro do mesmo complexo. Fundado em 1866, é uma instituição de pesquisa vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação do Brasil. Suas atividades se concentram no estudo científico dos sistemas naturais e socioculturais da Amazônia, na divulgação de conhecimentos e acervos relacionados à região.

 

Existem 20 coleções nas áreas de Botânica, Zoologia, Arqueologia, Etnografia, Linguística, Paleontologia, minerais e rochas. Parte das coleções de Arqueologia e Etnografia é tombada como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. 

 

BELEM5Arara-Vermelha: uma das aves do Parque. Foto: Wikipedia.

Turistando

Se você quer conhecer um pouco dos sabores da região, pode visitar o mercado do Ver-o-peso, cujo prédio foi construído em 1901, mas já está em atividade desde os tempos da fundação da cidade. Lá você pode experimentar frutas regionais, como o bacuri, o cupuaçu e o açaí, que é servido com farinha e peixe frito.

 

É possível conhecer a cidade de forma diferente, olhando Belém a partir do rio: os passeios fluviais saem de um porto na Estação das Docas. Saiba mais aqui! – 

 

A Praça Frei Caetano Brandão, no bairro da Cidade Velha, é uma boa pedida. De um lado, a Catedral Metropolitana  que foi construída 1755 e serve como ponto de partida para o Círio de Nazaré. Do outro lado da praça fica a Igreja de Santo Alexandre, que abriga o Museu de Arte Sacra de Belém.

BELEM6Catedral Metropolitana de Belém: parte integrante do complexo histórico e religioso da cidade velha. Foto: Sérgio Malcher.

Se liga na Agenda!

Teatro

  • O que: Theatro da Paz
  • Quando: De terça a sexta-feira, das 9h às 17h (no intervalo das 13h às 14h não há visitação). Sábado, das 9h às 12h. Domingo, das 9h às 11h
  • Onde: Rua da Paz, s/n, Praça da República
  • $$: A taxa de visitação é de R$ 6,00 com meia entrada para estudantes (pagamento em dinheiro). Às quartas-feiras a visitação é gratuita para a comunidade paraense. Os espetáculos são tanto pagos quanto gratuitos. Entre em contato com a bilheteria para se informar
  • Mais info

Ao ar livre

  • O que: Parque Zoobotânico/Museu Paraense Emílio Goeldi
  • Quando: De quarta-feira a domingo, das 9h às 17h
  • Onde: Avenida Governador Magalhães Barata, 376, Nazaré
  • $$: R$ 3,00 | Com meia entrada
  • Mais info
  • O que: Forte do Presépio
  • Quando: De terça a sexta-feira, das 10h às 15h. Sábados, domingos e feriados , das 09h às 13h
  • Onde: Praça Frei Caetano Brandão, s/n, Cidade Velha
  • $$: R$ 4,00 | Com meia entrada
  • Mais Info

Rua

  • O que: Estação das Docas
  • Quando: Os horários variam para a orla, os armazens e o 2º piso e barracas
  • Onde: Avenida Boulevard Castilho França, s/n, Cidade Velha
  • $$: A entrada é gratuita. Os diversos eventos têm valores diferentes. Consulte o site para maiores informações
  • Mais info

Exposição

  • O que: Museu de Arte Sacra
  • Quando: De terça a sexta-feira, das 10h às 18h. Sábado e domingo, das 10h às 14h
  • Onde: Praça Frei Caetano Brandão, Cidade Velha
  • $$: R$ 4,00
  • Fone: (91) 4009-8802
  • Mais info
  • O que: Casa das Onze Janelas
  • Quando: De terça-feira a sexta-feira, das 10h às 18h. Sábado e domingo, das 10h às 14h
  • Onde: Praça Dom Frei Caetano Brandão, s/n, Cidade Velha
  • $$: R$ 2,00
  • Mais info

Você gostou das nossas dicas de passeios por Belém? Tem alguma sugestão legal pra nos contar? Comenta aí o que você gosta de fazer quando passeia pela cidade! \o/