Aquele tempo em que mulheres eram raridade nas turmas de Engenharia e essa era considerada uma profissão “exclusiva” de homens está ficando no passado (ainda bem!).

 

Segundo o Censo 2011 do INEP, as mulheres representam 30% do total de matrículas em cursos de Engenharia no Brasil. –

 

E, para mostrar que Engenharia é sim lugar de mulher, a gente reuniu 5 profissionais que arrasaram e arrasam na profissão. Vem conhecer um pouco da história delas! 💪

1. Emily Warren Roebling

Ligando dois dos principais bairros de Nova York (Brooklyn e Manhattan), a Ponte do Brooklyn é um ícone da Big Apple e da Engenharia. Apostamos que você nem fazia ideia, mas ela foi concluída por uma mulher!

2Imagem da construção da Ponte do Brooklyn, que cruza o East River! Foto: Irving Underhill.

Emily Warren Roebling era casada com Washington Roebling, engenheiro responsável pela construção da ponte. Mas, em 1872, durante a construção, o marido contraiu uma doença e ficou acamado, cego e quase paralisado. Para a surpresa de todos, Emily assumiu a obra como engenheira-chefe de campo e concluiu um dos maiores feitos da engenharia do século 19.

 

A americana tinha estudado ao lado de Washington enquanto eles viajavam e aprendeu tudo sobre o projeto (mesmo sem um diploma). –

 

Depois de 14 anos de construção, em 1883, a ponte foi inaugurada e Emily foi a primeira a cruzá-la. A engenheira se tornou um exemplo e passou a lutar pelo acesso das mulheres ao Ensino Superior (não permitido na época). Emily morreu em 1903, aos 59 anos.

5Essa é Emily Roebling!

2. Alba Colon

E, se tem alguém que quebrou todo aquele preconceito de mulheres não saberem nada sobre carros, esse alguém é Alba Colon. A porto-riquenha é a engenheira-chefe da Chevy Racing, a equipe da GM na NASCAR, a stock car americana.

 

Quando pequena, Alba queria ser astronauta, mas, durante a faculdade de Engenharia Mecânica, a paixão por carros de corrida falou mais alto. –

 

Quando acabou a Universidade, ela foi imediatamente contratada pela General Motors, a GM, mas foi só em 2001 que passou a liderar a equipe Chevy. Alba e sua equipe cuidam do design, das peças e de outras modificações que façam os carros mais velozes. Grandes campeões como Jimmie Johnson, Jeff Gordon e Danica Patrick já venceram dirigindo os carros projetados pela engenheira.

1Alba foi contratada pela General Motors em 1994. Foto: Divulgação Chevrolet Racing.

3. Aprille Ericsson

Aprille Ericsson é Ph.D. em Engenharia Mecânica e Aeroespacial.

 

A engenheira foi a primeira mulher negra a receber um Ph.D. em engenharia da NASA Goddard Space Flight Center. –

 

3Essa é Aprille! Foto: Divulgação NASA.

Como engenheira aeroespacial da NASA, Aprille passou por várias funções. Atualmente, é gerente do projeto Atlas Instrument, um satélite com instrumento a laser que monitora as calotas de gelo polar da Terra e suas mudanças com o aquecimento global.  

4. Ginni Rometty

11ª mulher mais poderosa do mundo, segundo a Forbes!

 

Desde 2012, Ginni é CEO da IBM, a maior empresa da área de Tecnologia da Informação do mundo. –

 

6Ginni é a primeira CEO mulher da IBM! Foto: Divulgação IBM.

A americana entrou para a IBM como engenheira de sistemas em 1981, depois de trabalhar para a GM. É graduada em Ciências da Computação e Engenharia Elétrica.

5. Gwynne Shotwell

Na mesma lista em que Ginni é a 11ª, Gwynne Shotwell é a 76ª mulher mais poderosa do mundo. A americana é a presidente da SpaceX, empresa americana fabricante de foguetes.

4A empresa comandada por Gwynne tem um contrato de US$ 2,6 bilhões com a NASA. Foto: Divulgação SpaceX.

Gwynne é formada em Engenharia Mecânica e começou a carreira na indústria de automóveis. Em 2002, ano em que a SpaceX foi fundada, Gwynne entrou para a empresa como vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios.

 

Para 2018, Gwynne prepara uma nova geração de espaçonaves que vão viajar até Marte. –

 

Curtiu conhecer algumas mulheres que fizeram história na Engenharia? Então confere outras curiosidades sobre a profissão aqui no blog: 4 invenções da Engenharia que mudaram o mundo e Engenharia: o curso com mais milionários no mundoAté a próxima! 😉