Você já se perguntou o que seria do mundo se os engenheiros não tivessem criado algumas coisas para facilitar a nossa vida? Algumas invenções dizem muito sobre o mundo em que vivemos. 💡💡💡

 

Reunimos curiosidades sobre quatro grandes invenções feitas por eles que mudaram o mundo para sempre. Confere aí! – 

 

1. Elevador

Quem iria querer morar em um arranha-céu se nele não tivesse elevador? A resposta para essa pergunta provavelmente é: ninguém! Mas, acredite, nem era nisso que Elisha Otis estava pensando quando criou o elevador em 1852.

Na verdade, o dilema dele era outro. Otis era o engenheiro mecânico de uma empresa norte-americana de estrados (isso aqui, ó). Os funcionários precisavam erguer os produtos até os andares mais altos da fábrica, mas usar cordas era muito arriscado.

2Gravura da demonstração feita por Otis em 1854 para mostrar sua criação. Foto: Wikimedia Commons.

Então Otis teve a ideia de ouro: projetar uma plataforma que deslizasse dentro de um poço. Para que tudo não fosse abaixo caso os cabos que seguravam a plataforma rompessem, o engenheiro criou um sistema de catraca.  

O inventor achou sua ideia tão boa (e nós também 😜), que deixou a empresa de estrados para comercializar o elevador. –

 

Hoje a Otis Elevator Company é uma empresa gigante, com quase 1,9 milhões de elevadores instalados em todo o mundo! E os 160 anos desde a criação do elevador – e da empresa – mostram o quanto essa invenção é importante.

2. Motor de combustão

Aquecimento global, poluição… Sim, nem tudo que veio com essa invenção é bom, mas ela definitivamente revolucionou o mundo onde vivemos.

 

Foi por causa do motor de combustão interna que conseguimos desenvolver carros capazes de percorrer longas distâncias. –

 

1Sem o motor de combustão, os carros que usamos não existiriam. Foto: Mike Bird / pexels.com.

O primeiro a patentear a invenção foi o inglês Robert Street em 1794. Ele criou um cilindro com um pistão conectado a uma bomba d’água. O cilindro ia até um forno, que esquentava a água. Assim, o combustível (quente) entrava no cilindro e fazia o motor girar. É claro que tudo ainda era bastante primitivo, mas funcionava!

Quase um século depois, o engenheiro alemão Karl Benz fez modificações que permitiram a criação do primeiro carro com motor movido a gasolina, aquele que usamos nos hoje!

3. Celular

Se hoje você pode ver aquelas 40 chamadas não atendidas da sua mãe (ixi!) ou ligar pro crush na madrugada, é tudo culpa de um moço chamado Amos Joel.

 

O engenheiro eletricista Amos Joel inventou o conceito do telefone móvel, o celular, em 1970. –

 

Antes de Joel inventar a tecnologia que usamos hoje, os aparelhos celulares até já existiam por aí. O problema é que eles não funcionavam bem. A gente explica o porquê! A chamada era feita em um único canal, então o número de chamadas estava restrito ao número de canais. Outro problema era que a pessoa não podia se deslocar para fora da área onde a ligação foi iniciada, do contrário ela era interrompida.

4Quem lembra do saudoso “tijolão”? Foto: Daily Mail.

O que o americano fez foi resolver esses problemas. Ele dividiu essa grande área de cobertura em células, assim várias chamadas simultâneas poderiam ser feitas. E ainda criou um microprocessador que identificava cada uma das células. Aí a pessoa com o celular poderia se deslocar o quanto quisesse.

O celular foi comercializado pela primeira vez em 1983. Hoje, já são 7,1 bilhões de linhas de celulares ativas no mundo (mais que o número de pessoas).

4. Ar condicionado

Toda vez que você for dormir, trabalhar ou dirigir com o ar-condicionado ligado, lembre-se de Willis Carrier. Sobreviver ao verão brasileiro é uma aventura com menos suor e lágrimas graças a esse invento.

 

O engenheiro norte-americano Willis Carrier criou o primeiro sistema de refrigeração em 1902. Willis precisava resolver um problema de produção em uma gráfica de Nova York: criar um sistema de ar-condicionado para resfriar uma máquina. – 

 

3Willis em 1950, ao lado de uma de suas máquinas. Foto: Williscarrier.com.

Isso mesmo, o primeiro ar-condicionado não resfriou nossos corpinhos, mas uma máquina. Mas era o início de uma ideia que permitiu viver com mais conforto em lugares onde a sensação térmica chega a 50º no verão, como no Rio de Janeiro. Foi o próprio Willis que, depois de um tempo, percebeu que sua invenção faria sucesso em escritórios, casas, hotéis e hospitais.

E aí, curtiu conhecer as invenções da engenharia? Fica ligado(a) que, em breve, tem mais curiosidades envolvendo engenheiros aqui no blog! Até a próxima! 😉